Campanha de vacinação contra gripe ( 22 de abril até 9 de maio)



O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (2) que a meta da campanha de vacinação contra a gripe deste ano é imunizar 49,6 milhões de pessoas. A campanha vai de 22 de abril a 9 de maio em todo o país.

Os chamados “grupos prioritários” são as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional. Segundo o ministério, pessoas com doenças crônicas e "condições clínias especiais" também devem se vacinar.

De acordo com a pasta, a meta representa cerca de 80% do público-alvo da ação. Serão 65 mil postos de vacinação em todo o país, segundo o ministério. "Quase 50 milhões de pessoas, 49,6 milhões, devem ser vacinadas esse ano, 27% a mais que o ano passado. Isso representa 80% do público-alvo", disse o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

A imunização protege contra os subtipos do vírusinfluenza: H1N1, H3N2 e B. Segundo Jarbas Barbosa, as doses devem ser aplicadas antes do período de inverno. O dia “D” da campanha, dia nacional de mobilização, será em 26 de abril. A imunização é via injeção.

Segundo o ministério, serão distribuídas neste ano 53,5 milhões de doses da vacina para os 65 mil postos de saúde. De acordo com a pasta, a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonia e de 39% a 75% os índices de mortalidade por influenza.

De acordo com Jarbas Barbosa, "não é possível eliminar a transmissão do vírus" com os tipos de vacina que existem atualmente. "O objetivo da vacina é reduzir casos graves e os óbitos", disse.

De acordo com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, a pessoa que é vacinada não fica gripada em função da imunização.

"Este esforço vale a pena. Todos os recursos retornam à sociedade como benefícios, seja pela qualidade de vida, seja pela redução de internações e óbitos, seja pela redução de custos. Para nós, é muito importante a parceria entre estados, municípios e União para a campanha. (...) A vacina é segura e não produz gripe, como muitas pessoas pensam", disse.  


16 comentários:

  1. Bom saber para levar meu filho! bjo

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela divulgação amiga. Bem importante. bjus Coisas da Lara

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por divulgar, tenho que levar Lohany!
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Boa dica, vou perguntar a minha GO amanhã na minha consulta de pré-natal se devo tomar essa vacina também. Já tomei a dT esses dias :)

    ResponderExcluir
  5. Se tiver um tempinho passa lá no meu blog também.
    O nome dele é Esperando a Alice: http://cosmeticoslyra.blogspot.com.br/

    P.S.: Se quiser pode apagar esse comentário, tá?
    Beijos, Ly.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom seu post amiga..pena que meu pequeno fará 5 anos dia 19 agora, será que ele ainda irá se enquadrar nesses prioritários?
      bjs

      Excluir
  6. Obrigada pela informação amiga, eu estava por fora ainda!!!

    ResponderExcluir
  7. Obrigada por divulgar
    Essa campanha é super importante
    Bjs
    Sou mãe de cinco

    ResponderExcluir
  8. Ótima informação,ano passado tomei essa vacina e fiquei de cama,estou pensando se vou ou não levar meu pequeno.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Muito importante seu post.
    Bjus

    Geri Ferreira
    http://geriencantodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. a Gabi vai tomar amiga e eu também por que amamento
    to de olho, ótima campanha
    que deve ser divulgada

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  11. Parabéns por divulgar, vou ficar espertar para vacinas minhas meninas.

    bodas de barro. (ou papoula)

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Isso significa que voce gostou.